Sociedade Paranaense de Cardiologia

História da Sociedade Paranaense de Cardiologia (SPC)

Sócios fundadores da Sociedade Paranaense de Cardiologia

- Alberto Accioly Veiga
- Amaury Luciano de Munhoz Rocha
- Antônio Siqueira Gusso
- Ari de Christan
- Ary Jompolski
- Arnaldo Moura
- Augusto Enzo Perotti
- Bernardo Rzeznik
- Eugênio Lopes
- Flávio Suplicy Lacerda Júnior
- Gastão Pereira da Cunha
- Hélio Germiniani
- Iseu Affonso da Costa
- Mário Fernando de Camargo Maranhão
- Mário Machado Macedo
- Miguel Hilú Júnior
- Munir Saif
- Muriel Lopes
- Paulo Franco de Oliveira
- Sanito Wilhelm Rocha
- Tadeu Olesko

Fundada em primeiro de setembro de setembro de 1966, a  Sociedade Paranaense de Cardiologia (SPC) é composta por cerca de 690 sócios.

A partir de 1971, a Sociedade preocupou-se em difundir a Cardiologia pelo interior do Estado promovendo Jornadas em Maringá (1971), Praia de Leste (1973), Londrina (1974), Foz do Iguaçu (1975), Ponta Grossa(1976) e Londrina (1977).Em 1978, a Jornada foi realizada na capital, Curitiba, e em 1979, voltou à Maringá, em 1980, em Cascavel.As jornadas continuaram a ser promovidas em Londrina (1982), Foz do Iguaçu (1983), Paranaguá (1984) e Guarapuava (1985). Em 1986, foi realizado o 1º Congresso Paranaense de Cardiologia, em Maringá, ao qual se seguiram o de Cascavel (1987), Londrina (1988), Foz do Iguaçu (1989), Ponta Grossa (1990), Guarapuava (1991) e Maringá (1992).

A partir desta data, os Congressos da SPC continuaram a ser realizados anualmente.

A Cardiologia paranaense sempre foi muito atuante nos eventos nacionais da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e manteve-se na vanguarda com a evolução científica e tecnológica da Especialidade. Entre seus representantes mais ilustres convém destacar Dr. Gastão Pereira da Cunha (in memoriam), um os fundadores da Sociedade e representante da SBC no Estado durante muitos anos que teve atuação marcante nos colegiados e eventos científicos da SBC; Hélio Germiniani, autor do livro sobre Eletrocardiografia e Arritmias, apresentou grande participação, sobretudo no setor de Arritmias; Costantino Costantini, uma das maiores experiências nacionais em angioplastias; Iseu Affonso da Costa (in memoriam), autor do livro sobre a História da Cirurgia Cardíaca no Paraná; Paulo Roberto Brofman, Paulo Franco de Oliveira, ex-coordenador do Mestrado da Universidade Federal do Paraná; e Mário Maranhão que, além de Presidente da SBC, foi também Presidente da Sociedade Interamericana de Cardiologia.O vice-presidente da SBC (2012-2013) é o cardiologista curitibano Daltom Bertolim Précoma.

A Sociedade Paranaense de Cardiologia centraliza, há 45 anos, os esforços dos cardiologistas paranaenses e interage com a sociedade civil e os poderes constituídos numa busca da otimização dos esforços para redução do impacto das doenças cardiovasculares em nossa sociedade.Sua sede é em Curitiba, mas sua diretoria representa lideranças de todo o estado.Entre seus programas, anualmente é realizado um Congresso Médico para atualização sobre o tema. Neste eventos são discutidos e transmitidos os avanços da ciência e são geradas propostas para as políticas de implantação da melhor prática médica. A sociedade vem sendo o foro natural de contato entre demandas sociais referentes a cardiologia e a comunidade profissional afeita ao tema.

Newsletter